31
Jan 17

Corrida na Areia

Um treino na areia da praia (Carcavelos) por semana ou por vezes em cada duas semanas é uma excelente forma para se desenvolver a força.

Corrida em percursoa de Corta-Mato

Também treino em pequenos percursos de mato um pouco mais acidentado que também é excelente para desenvolver a força.

Rampas

Como não faços séries este tipo de treino é o mais semelhante, quando subo concentro a passada forte e constante, na descida recupero num trote suave  depois volto a subir.

Bons Treinos

FB_IMG_1463440289585

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 16:18

25
Jan 17

Viana do Castelo era o meu destino e dos meus companheiros (Adélia, Óscar, São, Germano, Ana, Rosa e Matos), desta vez para participar na Meia Maratona Manuel Machado, o ponto de encontro foi como habitualmente a Gare do Oriente, estávamos lá à hora marcada.

Pontualmente o Alfa entrava na gare que nos levou até Nine aí mudámos de comboio este com andamento menor que transformou a viagem num agradável passeio de aproximação ao Minho.

Depois de ter deixado as malas no hotel, parti, à descoberta de um restaurante para almoçar, haviam três nomes que poderiam ser escolhidos, após visita aos seus menus a escolha recai no ‘O Vasco’, onde fomos muito bem tratados.

Uma visita pela cidade que terminou em Santa Luzia, para cima tivemos uma preciosa ajuda do elevador que nos levou a superar os 650 metros e um desnível de 160 metros, fazer esse trajecto pelas escadas ou pela estrada não era muito aconselhável porque estávamos a poucas horas da prova.

Domingo, acordei cedo, tomei o pequeno-almoço com a Adélia, fomos ter com os outros e partimos para o local da prova.

Como é habitual o ambiente era normal, os atletas, uns conversavam, outros faziam o seu aquecimento e outros vinham atrasados, havia muitos atletas espanhóis porque a prova contava para o Troféu da Galiza.

O percurso não apresentava muitas dificuldades nas não era um passeio, tinha algumas subidas longas, numa delas encontrei o José Sousa talvez por volta dos 7 kms, um pouco mais à frente cruzei com o Félix, Camacho do Linda-a-Pastora, Germano que volta a representar a Real Academia, quando já tinha feito o retorno cruzei-me com o Óscar, Fernando Fonseca do Mundo da Corrida e o Matos da Real Academia.

Prova com muito público a incentivar os atletas, outros em brincadeira ofereciam um ‘copo de vinho verde’, estes encontravam-se bastante organizados que nem as febras faltava, passei novamente por Santa Marta Portuzelo, isto tudo já no meu regresso, encontrava-me bem fisicamente e via-me a ultrapassar muitos atletas, um pouco mais à frente a placa que indicava a minha entrada na cidade de Viana do Castelo.

Já dentro da cidade vou para a meta, antes disso vejo a Adélia que grita “Boa, Boa, Força”, última curva e à minha frente a recta da meta, olha para o meu relógio e vejo que após acabar a minha prova tenho 1h 38m 49s no relógio da prova marca 1h 39m 22s.

16195807_10154044470091216_9146672083552236756_n

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 17:34

20
Jan 17

Antes de se iniciar o treino para evitar lesões faça aproximadamente durante 5 a 10 minutos estes exercicios.

1 - Mobilidade Articular

2 - Corrida num ritmo lento

3 - Técnica de corrida skippings, andar nas pontas dos pés e calcanhares

 

 

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 20:33

12
Jan 17

Uma caminhada de 4 horas, distância 11 Kms com dificuldade média.

Entre Penedos de Eremitas aos Segredos da Lua.

A rota traçada levamos a locais com tradição como a Capela de Santo António do Penedo (sec xv) que poderá ser o ponto de partida, subir até ao convento de Santa Cruz fundado por Álvaro de Castro em 1560, mediante disposição testamentária de seu pai, o Vice-Rei da Índia D. João de Castro.

Entre velhos castanheiros, sobreiros, loureiros, carvalhos, cedros e buxos ladeiam a calçada que sobe até à Gruta do Monge, ascética morada do Beato Honório, já antes da fundação do convento. Aí viveu (durante 30 anos) e faleceu (em 1596), continuamos a marcha até ao "cruzamento dos Capuchos".

O Monge, junto do vértice Geodésico (490m) que lhe deu nome, é um tholos, uma sepultura colectiva, de falsa cúpula, característica da idade do cobre ou calcolítico.

Os romanos terão mesmo edificado um templo circular, composto por vários colunas consagrada ao Sol e à Lua, continuamos rumo à Peninha (487m), passando pelas Pedra Irmãs. No sopé dos rochedos situa-se a Velha Ermida de S. Saturnino, que remonta à fundação do Reino de Portugal.

(fonte sportlife)

Montanha Sagrada Sintra_0002

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 19:57

11
Jan 17

Estocolmo 1912, 100 anos depois tive a enorme alegria de estar presente na Suécia e na cidade de Estocolmo no 'Olympiska Spelen' a fazer o mesmo percurso da maratona e de terminar dentro do Estádio Olímpico.

Tenho como recordação a enorme alegria que o povo sueco demonstrava em receber os atletas como se fosse uma representação nacional para participar em tão grande prova, recordo também as longas rectas, subidas, descidas que compunham a totalidade dos quilómetros, tive a oprtunidade de ver durante a prova o local onde Francisco Lazaro desistiu. No dia da prova muitos atletas estavam equipados à época, assim como o público que batiam palmas e gritavam palavras de incentivo, guardo também  para sempre a minha entrada no Estádio Olímpico com aquele ambiente olímpico. Estádio completamente cheio, onde cada um chamava pelo seu familiar ou amigo, para que a meta fosse ultrapassada em glória e sem que se notasse o cansaço já acumulado.

Participei na homenagem que o Governo e Comité Olimpico Sueco prestou ao Francisco Lazaro, momentos de grande simbolismo para todos nós Portugueses que lá estavam nesse dia.

No que respeita ao meu tempo não foi nada famoso mesmo comparando com o de Kenndy McArthur (Africa do Sul) o vencedor em 1912 com 2h 36m 54s contra 3h 32m 25s que gastei para concluir a Maratona Olimpica de Estocolmo (tenho que treinar mais um pouco).

Um pouco de história

Foram os primeiros jogos olimpicos a reunir atletas dos 5 continentes e os primeiros também para Portugal. Uma estreia marcada pela morte de Francisco Lazaro, devido a desidratazção.

Portugal estava representado em 3 modalidades com 6 atletas, sendo António Stromp com 18 anos o atleta mais novo e Joaquim Vital o mais velho com 27 anos.

No Atletismo - Maratona - Francisco Lazaro e Mathias de Carvalho, nos 400 e 800 metros Armando Luzarte Cortesão, nos 100 e 200 metros António Stromp.

Na Esgrima - Espada - Fernando Correia.

Na Luta Greco-Romana - Peso Pena - António Pereira, no Peso Médio - Joaquim Vital.

No Quadro da Medalhas os 3 primeiros foram para Suécia com 24 medalhas de ouro, 24 de prata e 17 bronze, Estados Unidos 23 medalhas de ouro, 19 de prata e bronze a Grã-Bretanha arrecadou 10 medalhas de ouro, 15 de prata e 16 de bronze.

JIM THORP foi eleito o melhor atleta dos jogos

Vencedor do Pentatlo com 7 pontos e do Decatlo com 8.412 pontos. Um ano mais tarde foi desclassificado por ter jogado futebol americano em 1910, numa equipa profissional.

Nasceu a 28 de Maio de 1888 no seio da tribo de indios Sioux Sac paptizado como Wo Tho Huck.

484455_443913815632018_1584844171_n

Francisco-Lazaro_558x339[1]

Jim Thorp

 

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 16:08

10
Jan 17

10-01-1959 - O Ministério da Educação determinou o minimo das habilitações literárias dos desportistas, sem as quais não poderiam manter-se em actividade: 4ª classe. Só no futebol os, cidadãos sem essa habilitação atingiram o número de 500. Era o reflexo do País. Claríssimo.

10-01-1971 - O Sporting (26) manteve o comando com mais um ponto do que o Vitória de Setúbal e mais três do que o Benfica (menos um jogo). Nesse domingo jogou-se no Estádio do Bonfim o Vitória de Setúbal 0 Sporting 0 com arbitragem de Saldanha Ribeiro (Leiria).

10-01-1974 - Jorge Fagundes foi indicado Presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

10-01-1975 - José Martins foi acusado de correr dopado no contra-relógio de Benidorn. Os resultados tinham desaparecidos e, seis dias depois do prazo legal, apareceu uma fotocópia com a notícia Fulgêncio Sanchez afirmou que a situação era escandalosa, pondo em dúvida que a urina fosse de José Martins, insinuando que seria de Ocaña.

10-01-1977 - Jornada 13 de azar para o Sporting que perdeu pela primeira vez no Campeonato. Foi em Setúbal(0-1). O golo sadino teve como autor o médio sportinguista Valter. Ainda por cima... No Restelo, mais um passo atrás da equipa do F.C. Porto, que perdeu, por 0-2, aprovando a crise que se vivia nas Antas.

(Fonte A BOLA)

jose martins

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 18:45

Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
26
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
Contador de Visitas
Free Hit Counter
Free Hit Counter
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO