31
Jul 13

José Ferreira, Herculano Araújo, Luís Serrazina, Victor Mota, Jorge Serrazina um pouco mais atrás a Glória Serrazina, a Caminho de Santiago último dia e o resto da Maratona por concluir.

 

O pensamento do grupo C.O.E./GNR
Já alguém disse “... é perante o obstáculo que o Homem se descobre...”
Neste caso é perante uma prova como está que se descobre que o mais importante não é a competição em si, mas a lealdade e camaradagem e espírito de entreajuda dos participantes...
Bem haja amigos é o desejo destes amigos dos C.O.E./GNR.
Dorsal 5 Bének Morais, Dorsal 6 Eduardo Silva, Dorsal 7 Miguel Gomes e Dorsal 8 Manuel Amaral.
 
Victor Mota traduziu o seu pensamento deste modo.
Sinceramente, não sei muito bem o que dizer de uma maneira muito racional.
Por isso vou apenas recorrer aos sentimentos e dizer que muitos destes companheiros da estrada eram nomes que por vezes associava a caras. A partir de hoje fiquei a conhece-los melhor e a admirá-los ainda mais em especial este espírito de total companheirismo e partilha. Deixem-me só dizer estou a Adorar, não sei é se alguma vez voltarei a correr uma prova deste calibre, mas uma coisa é certa, sonho um dia ajudar a organizar e tentar diminuir os sacrifícios que este caminho exige!
Dorsal 45 
fb_z3i6yMHnOojQinZIENTK
publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 16:29
tags:

Arrepio-me cada vez que leio ou vejo imagens desta magnifica aventura. Sou totalista e quero mais... Mais...
Ricardo Bastos a 1 de Agosto de 2013 às 11:03

"É perante o obstaculo que o homem se descobre" é uma frase dos paraquedistas nao da C.O.E. GNR
BOTP2 a 12 de Outubro de 2013 às 09:02

Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Contador de Visitas
Free Hit Counter
Free Hit Counter
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO