11
Jan 17

Estocolmo 1912, 100 anos depois tive a enorme alegria de estar presente na Suécia e na cidade de Estocolmo no 'Olympiska Spelen' a fazer o mesmo percurso da maratona e de terminar dentro do Estádio Olímpico.

Tenho como recordação a enorme alegria que o povo sueco demonstrava em receber os atletas como se fosse uma representação nacional para participar em tão grande prova, recordo também as longas rectas, subidas, descidas que compunham a totalidade dos quilómetros, tive a oprtunidade de ver durante a prova o local onde Francisco Lazaro desistiu. No dia da prova muitos atletas estavam equipados à época, assim como o público que batiam palmas e gritavam palavras de incentivo, guardo também  para sempre a minha entrada no Estádio Olímpico com aquele ambiente olímpico. Estádio completamente cheio, onde cada um chamava pelo seu familiar ou amigo, para que a meta fosse ultrapassada em glória e sem que se notasse o cansaço já acumulado.

Participei na homenagem que o Governo e Comité Olimpico Sueco prestou ao Francisco Lazaro, momentos de grande simbolismo para todos nós Portugueses que lá estavam nesse dia.

No que respeita ao meu tempo não foi nada famoso mesmo comparando com o de Kenndy McArthur (Africa do Sul) o vencedor em 1912 com 2h 36m 54s contra 3h 32m 25s que gastei para concluir a Maratona Olimpica de Estocolmo (tenho que treinar mais um pouco).

Um pouco de história

Foram os primeiros jogos olimpicos a reunir atletas dos 5 continentes e os primeiros também para Portugal. Uma estreia marcada pela morte de Francisco Lazaro, devido a desidratazção.

Portugal estava representado em 3 modalidades com 6 atletas, sendo António Stromp com 18 anos o atleta mais novo e Joaquim Vital o mais velho com 27 anos.

No Atletismo - Maratona - Francisco Lazaro e Mathias de Carvalho, nos 400 e 800 metros Armando Luzarte Cortesão, nos 100 e 200 metros António Stromp.

Na Esgrima - Espada - Fernando Correia.

Na Luta Greco-Romana - Peso Pena - António Pereira, no Peso Médio - Joaquim Vital.

No Quadro da Medalhas os 3 primeiros foram para Suécia com 24 medalhas de ouro, 24 de prata e 17 bronze, Estados Unidos 23 medalhas de ouro, 19 de prata e bronze a Grã-Bretanha arrecadou 10 medalhas de ouro, 15 de prata e 16 de bronze.

JIM THORP foi eleito o melhor atleta dos jogos

Vencedor do Pentatlo com 7 pontos e do Decatlo com 8.412 pontos. Um ano mais tarde foi desclassificado por ter jogado futebol americano em 1910, numa equipa profissional.

Nasceu a 28 de Maio de 1888 no seio da tribo de indios Sioux Sac paptizado como Wo Tho Huck.

484455_443913815632018_1584844171_n

Francisco-Lazaro_558x339[1]

Jim Thorp

 

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 16:08

Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
26
27
28

29
30


arquivos
Contador de Visitas
Free Hit Counter
Free Hit Counter
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO