30
Jun 13

Hoje os melhores Atletas Portugueses.

Classif Geral Atleta Clube 10kms 50kms 100km
8 Rogério Vieira CA Barreira 00:46:42 04:01:04 08:25:10
9 José Marques CA Barreira 00:46:41 04:00:58 08:44:14
10 José Machado Ciclones AC 00:45:02 03:45:55 08:44:47
12 Fernando Santos Individual 00:54:05 04:28:21 09:23:03
13 Luís Loureiro CA Arcos Valdevez 00:45:02 03:55:28 09:30:19
14 Manuel Leitão Ciclones AC 00:46:12 03:48:51 09:47:31
15 José Martins CA Barreira 00:55:44 04:43:37 10:25:01
17 João Silva SC Maria da Fonte  00:59:36 04:58:03 10:39:38
18 Joaquim Sampaio Ancorense 00:55:44 04:43:35 10:49:10
19 Carlos Santos Liberdade AC 00:59:32 04:58:16 10:53:42
         

 

 Analice, Adilson e Carlos Santos

  Atletas antes da Partida

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 18:39
tags:

28
Jun 13

Passa hoje dez anos que se realizou a Prova. Os Parabéns ao Casal Lários.

Deixo hoje a classificação geral dos 3 primeiros

Classif Atleta País 10km 50km 100km
1 Adilson Pereira Brasil 00:40:22 03:23:51 07:02:38
2 Márcio Oliveira Brasil 00:40:19 03:23:51 07:21:29
3 Jacinto Fernandes Espanha 00:45:02 03:37:07 07:36:54
           
1 Laudelina Jara Espanha 00:47:34 04:07:58 08:50:21
2 Alzira Lários Portugal 00:48:22 04:15:54 09:23:31
3 Cristina Santos Brasil 00:54:00 04:56:20 10:57:43

 Adilson Pereira

 Laudelina Pereira

 Troféu

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 23:14
tags:

27
Jun 13

Durante os próximos dias vou partilhar alguns dados gentilmente cedidos pelo Rafael Lopes na altura dirigente do Liberdade Atlético Clube, sobre os 100 kms de Portugal, 1º prova realizada em Portugal naquela distância e que amanhã dia 28 de Junho faz 10 anos.

Começo com alguns dados históricos da localidade de Alvarães.

Alvarães é uma freguesia do concelho do distrito e da diocese de Viana do Castelo, a sua área total é de 10,52 km, no dia 29 de Setembro tem a sua festa em honra de Arcanjo S. Miguel. É de realçar que a indústria foi e é um sector importante na sua economia.

A prova foi realizada pelo casal Alzira e Alberto Lários.  

Estiveram presentes atletas de renome na distância como Adilson Dama Pereira e Márcio Oliveira ambos do Brasil, de Espanha Ramon Alvarez Saíz e Laudelina Franco, do Brasil vieram Cristina Raquel dos Santos além da Alzira no sector frminino.

Participou também com 65 anos na altura o Henri Giraut de França que já contabilizava em 2003 480 provas de 100 kms.

No final a Alzira com a madrinha Prova Rosa Mota

(Amanhã as classificações)

 

(

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 21:26
tags:

19
Jun 13

A primeira COMRADES MARATHON ocorreu em 24 de Maio de 1921, Empire Day a partir do lado de fora da Câmara Municipal em Pietermaritzburb com 34 atletas.

Em 1989 António Castro aqui na foto foi um dos primeiros atletas portugueses a participar nesta prova.

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 22:05
tags:

13
Jun 13

Hugo Novais acedeu ao nosso convite e partilha connosco as sua emoções.

 
I. O QUE TE LEVOU ATÉ AO ATLETISMO?
Quis perder peso para manter uma relação ideal com outro desporto que gosto muito, o Surf.

II. QUAIS OS TEUS ANTECEDENTES DESPORTIVOS?
Pratiquei artes marciais. Atualmente pratico surf, atletismo e natação.

III. QUE OPINIÃO TENS DAS ORGANIZAÇÕES?

Tenho algum cuidado a escolher as provas onde me inscrevo, e normalmente só opto pelas que são reconhecidas como as melhores entre os chamados atletas de pelotão (onde orgulhosamente me incluo).
Destaco a Meia Maratona de São João das Lampas, o Grande Prémio de Mem Martins, a (antiga) Maratona de Lisboa, o Grande Trail da Serra de Arga, o Ultra Trail de Sesimbra, e o Ultra Trail de São Mamede.

IV. QUAL A TUA PROVA E DISTANCIA DE ELEIÇÃO E PORQUÊ?
Talvez o Grande Trail da Serra de Arga, por ser uma distância que normalmente treino (45kms), ser numa das zonas mais bonitas de Portugal (Minho), e porque sair de "casa" (Sintra)  para fazer provas com distâncias abaixo disto, para mim, é um desperdício de dinheiro... ;)
Também gostei muito do Ultra Trail de São Mamede que fiz pela primeira vez este ano.

V. QUANDO SENTES QUE TE ENCONTRAS PERDIDO, O QUE FAZES?
Quando perco o "fio à meada" das marcações nas provas de trilho, volto para trás à marcação anterior e tento encontrar a marcação seguinte, além disto observo o terreno e vejo onde está "mais pisado" e sigo por aí. Até hoje ainda não correu mal.

VI. QUANDO ESTÁS SOZINHO E COM ALGUMAS HORAS DE PROVA EM QUE PENSAS?
Com "algumas horas" de prova combater o desânimo é a maior provação. Acima de tento manter uma linha de pensamento positivo para me conseguir motivar a chegar ao fim. :)

VII. QUAL A DISTÂNCIA MAIOR QUE PERCORRESTE?
Talvez o OhMeuDeus 102kms em 2011. Também fiz o Ultra Trail da Serra da Freita 70kms em 2011, e recentemente os 100kms no Ultra Trail de São Mamede (18/05/2013).


VIII. O QUE É PARA TI UMA ULTRAMARATONA?
Uma aventura, um desafio, uma paixão, uma introspecção.

IX. NUMA ULTRAMARATONA QUE TIPO DE ALIMENTAÇÃO UTILIZAS?
Barras energéticas naturais e sandes, tudo feito em casa por mim.

X. O QUE TE LEVA A FAZER UMA ULTRAMARATONA?
Acreditar que consigo "chegar lá".

XI. QUANTO TEMPO É NECESSÁRIO PARA SE PREPARAR UMA ESSA PROVA E QUE TIPO DE TREINOS FAZES?
O tempo de treino depende da preparação de cada um. Eu sou um bocado "baldas" nos treinos, mas faço um plano progressivo e vou aumentado carga até 15 dias antes da prova, principalmente nos treinos longos (5 a 6 horas).

XII. QUANDO AS FORÇAS COMEÇAM A FALTAR (FISICA E MENTAL) ONDE VAIS BUSCAR AQUELE FOLÊGO QUE TANTO É NECESSÁRIO PARA CHEGAR AO FIM?
Começo a pensar no que vou almoçar quando chegar!

XIII. QUANDO ESTÁS EM PROVA SENTES QUE TE ENCONTRAS PROTEGIDO PELA ORGANIZAÇÃO SE TE OCORRER ALGUM ACIDENTE DESPORTIVO?
Sim, mas tal como disse, escolho as provas com algum critério.

XIV. TENS ALGUNS MOMENTOS DE DESANIMO OU GLORIA QUE POSSAS PARTILHAR?
Desânimo: Custou-me imenso ter que desistir aos 28kms numa ultra de 104kms por lesão.
Glória: Sempre que sinto que quebrei uma "marca" minha, seja em prova ou treinos, para mim é um momento de grande felicidade.

XV. DEIXA ALGUMAS NOTAS (PESSOAIS E DESPORTIVAS) SOBRE TI PARA UMA BREVE FICHA TÉCNICA.
Trabalho na área das Tecnologias de Informação e sou residente no Concelho de Sintra.
Um dia mudei-me para um apartamento num prédio sem elevador, e este foi o primeiro passo para que o atletismo passasse a fazer parte integrante da minha vida.
Faço parte da Equipa RunSintra.com, que acima de tudo é um grupo de amigos que descobriu na corrida mais um motivo para um convívio salutar e divertido.
Sou adepto da abordagem minimalista no calçado de corrida, e tento sempre usar calçado com pouco desnível e pouca distância ao solo.

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 15:34

No seu livro "Correndo na Madrugada" António Belo descreve o inicio das Provas de Montanha que transcrevo resumidamente.

No ano de 1995, surgia um novo tipo de provas, com outros aliciantes, em primeiro lugar porque privilegiavam os caminhos de montanha em terra batida e as obrigatórias subidas e descidas, em segundo, porque se tratava de uma espécie de campeonato, com pontuações pelas classificações em cada prova.

Os prémios atribuídos, também rompiam com o que era tradicional, ou seja, as habituais medalhas etaças, davam lugar a lembranças de artesanato, feitas com os materias existentes nos locais onde as provas se disputavam, madeira, pedra, olarias, etc..

O «Desafio 95», nome sugestivo para tal campeonato, ainda introduzia outra inovações, uma prova disputada em «contra-relógio» individual, na Serra de Sintra, terminando junto ao Palácio da Pena, depois de ter percorrido as muralhs do Castelo dos Mouros, e outra disputada em dua etapas, nas manhãs de sábado e domingo, no mês de Agosto, terminado no ponto mais alto sa Serra da Estrela.

  

  

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 14:39
tags:

04
Jun 13

12ª Edição da Corrida do Oriente como habitual apresentou aos atletas um percurso bastante agradável tendo ao seu início e final como pano de fundo o Rio Tejo, que tantas histórias ainda têm para contar.

São 10 Km muito rápidos em que o primeiro classificado gastou 31m e 49s foi ele Hermano Ferreira do G.D. Conformlimpa, eu gastei 45m 13s que me colocou na 228 posição da classificação geral.

Mais ou menos a meio passava-se em frente do Centro Comercial Vasco da Gama ao lado direito a Estação da Gare do Oriente, seguimos em frente até Cabo Ruivo contornando a rotunda sempre á esquerda para se voltar a passar Centro Comercial e Gare do Oriente, para finalmente se entrar na recta da meta em terra batida onde o Sol já fazia alguns estragos nos atletas.

Aos sons dos Toca a Rufar os atletas iam cortando a meta, um pouco mais á frente como é tradição recebia-se a caneca alusiva á corrida.

Mas nem sempre este local teve um aspecto agradável, foi a partir da Expo98 que se deu quase um milagre na transformação paisagística.

Antes era um depósito de carros militares sem qualquer utilidade, no local onde agora está o Oceanário encontrava-se o hidroavião que fez a ligação Lisboa-Rio de Janeiro  por Gago Coutinho e Sacadura Cabral, locais que o meu avô me levava a passear algumas vezes, com passagem obrigatória pelo Aeroporto.

Agora temos uma responsabilidade para com a Corrida do Oriente tenha mais edições cabemos preservar aquele local.

 

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 23:09

Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO