27
Fev 17

Estive presente na organização do Grande Prémio d Atletismo de Algueirão-Mem-Martins durante 8 anos, através do convite do Pedro Rocha, amigo de longa data, que me explicou o seu projecto para realizar uma corrida pedestre pelas ruas de Algueirão e Mem Martins.

Algumas reuniões de preparação realizadas conseguimos pôr a máquina em andamento, foi contactada a Xistarca para nos ajudar nas inscrições, cronometragem e classificações, a Real Academia delineou o trajecto, o Pedro Rocha (JFAMM) ficou com a parte do apoio burocrático.

Durante esses 8 anos nem tudo decorreu como queríamos, fomos confortados nos primeiros anos do Grande Prémio com situações complicadas, desde da marcação para o mesmo dia de provas regionais e concelhias para localidades vizinhas, marcadas pelas entidades oficiais, após terem licenciado e autorizado o Grande Prémio, foi com muitas destas e outras dificuldades que o Grande Prémio cresceu e granjeou o respeito dos atletas.

Agora que deixei a organização em 2016 tenho a oportunidade de agradecer aos 3.653 atletas que cruzaram a linha de Meta, pela participação.

Não posso também deixar de agradecer a todos aqueles que colaboram de forma voluntária comigo e com a Associação Desportiva Real Academia para que no dia da prova nada falta-se ao atletas.

Vou continuar a apoiar o Grande Prémio agora como atleta.

 Deixo alguns dados relativos aos 8 Grandes Prémios.

Atletas Classificados

I Grande Prémio – 280

II Grande Prémio – 479

III Grande Prémio – 436

IV Grande Prémio – 443

V Grande Prémio – 524

VI Grande Prémio – 458

VII Grande Prémio – 421

VIII Grande Prémio – 612

 

Os melhores Tempos

Masculinos

6ª Edicção

31m 18s – Hermano Ferreira – Conforlimpa

4ª Edicção

31m 34s - Miguel Quaresma – G. D. Donas

2ª Edicção

31m 52s – Luís Pinto – Sporting

 

Femenino

5ª Edição

35m 30s – Ana Mafalda Ferreira – Estreito

4ª Edicção

35m 35s – Ana Mafalda Ferreira – Estreito

6ª Edicção

36m 59s – Vera Nunes - Benfica

184113_200866453259709_100000090686821_762705_1283889_n

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 19:28

23
Fev 17

23 de Fevereiro de 1987
José Manuel Cerqueira dos Santos Afonso
Nascido em Aveiro a 2 de Agosto de 1929 e falecido em Setúbal com 57 anos.
Dia triste para todos aqueles que tinham o José Afonso com referência, não só no campo musical mas também na defesa das Liberdades de Abril.
A minha geração não deixou de viver aqueles dias, com muita militância e participação cívica dos acontecimentos que Portugal vivia.
Vamos todos pensar um pouco nos poemas que José Afonso cantou, que me leva a evocar o seu disco gravado em 1970, tão actual que é a sua mensagem. E ainda hoje somos poucos para enfrentar as batalhas que nos são colocadas diariamente, então "Traz outro Amigo Também"

JoseAfonso-trazoutroamigo-front

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 15:14

21
Fev 17

Embarcação que circula na Ria de Aveiro, região lagunar do Rio Vouga, que originalmente destinada à apanha e transporte do moliço. É um barco de borda baixa para facilitar o carregamento do moliço.

Navega em águas pouco profundas, distingue-se pela singularidade e decoração da sua proa de cores garridas, onde predominam cores garridas e onde predominam os elementos marinhos e rurais.

O moliceiro tem um comprimento de cerca 15 metros, a sua largura de bola 2,50 metros, é construído em madeira de pinheiro.

Como meios de navegação/propulsão usa vela, a vara e a sirga.

O que é a Sirga

É um cabo que se utiliza na passagem dos canais mais estreitos ou junto às margens, quando navega contra a corrente ou contra o vento.

e6d0ce24d736538703b43f66bfa68acd

18682497_5QkvA

 

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 22:50

10
Fev 17

No dia 24 de Janeiro de 2017 pelas 22h 15m vejo no Facebook que o Cross da Laminha deste ano foi a sua última edição.

Para ser a última faltou a sua maior atracção «a lama», não foi pela falta do principal ingrediente do Cross da Laminha que o amigo Victor Ferreira nos comunicou tal decisão.

Sei bem o que é organizar uma corrida sozinho, sem apoios humanos e financeiros, já para não falar naqueles pormenores que habitam permanentemente connosco até ao dia da partida.

Estive presente pela primeira vez em 2010, e nunca mais faltei a uma edição, fazendo do Cross minha primeira prova do ano.

Recordo já com saudade as folhas de papel espalhadas pelos trilhos com palavras ‘ESTÁS A GOSTAR, AINDA AGORA COMEÇOU, GANDAS MALUCOS, TRILHO DA RAPOSA’ e aquela que era o ex-libris ‘ATENÇÃO MERDA’», de incentivo aos atletas.

Mas também de aviso e de preocupação onde existia mais dificuldade em se ultrapassar os obsctáculos.

Saudades também das velhas feijoadas ou sopa de feijão com carne e enchidos, nunca entendi muito bem como classificar o «manjar» servido no final de cada Cross, mas sempre de grande qualidade e confecionadas pelas senhoras, na maior e mais velha tradição portuguesa.

Saudades também dos banhos que começaram por ser na casa de banho do pavilhão onde mal cabiam três atletas mas onde todos deixavam a lama, depois veio os banhos ao ar livre, com um engenhoso esquema de ligações e esquentadores, mas sempre com água quente, nesta edição foi em cima do placo das festa.

No que diz respeito á prova em si o que me fazia deslocar há Cumeira, percurso com uma subida iniciar em dias de chuva era muito exigente, não posso esquecer a suinicultura, a pedreira e por último a subida para a meta que acabava com o resto da energia.

Mas tudo isto era compensado pela camaradagem que sempre encontrei nos atletas que participavam no Cross.

Não posso deixar de mencionar os prémios as telhas que ainda são algumas, até aos pratos, «onde cabe uma pizza familiar», são recordações que vou aguardar com carinho.

Para ti amigo Victor Ferreira um

16265394_776484489181061_4499369930607288595_n

 

Bem-Haja e até qualquer Km.

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 12:38

Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
24
25

26
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
Contador de Visitas
Free Hit Counter
Free Hit Counter
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO