28
Mar 20

Quarto dia terceira etapa Azambuja a Santarém com 32 kms.

Uma das etapas mais longa não só pelos quilómetros mas também pelas rectas que tenho de atravessar, mas mais nada posso fazer senão seguir em frente.

Levantei-me cedo o tempo estava fresco fui até à Praça do Município, rua Vitor Cordon (não aquela onde está a sede CGPT-IN), a linha férrea à minha frente, entrei no trilho de terra batida que me leva ao Aeródromo de Alqueidão (onde está um dos Forte que protegeu Lisboa das Evasões Francesas) passo pela Aldeia de Reguengo entro na EN3-3 sigo durante 2kms até ao parque ribeirinho de Valada, caminho pelo lado interior do dique que protege das cheias do Rio Tejo até Muge, continuo na EN3-3 e pela Vila Muge pela Rua do Morgado.

Paro um pouco para comer e reabastecer os meus cantis de água porque a parte da tarde não era fácil e ainda me faltavam uns bons quilómetros até ao destino de hoje.

Despois de ter andado 8 kms avisto ao longe Aeródromo encontro um piso complicado entre caminhos empedrados, terra batida e troços alcatroados, tenho à direita e outras vezes à esquerda altos canaviados, passo por debaixo da A13 e chegou a Ómnias, olho para trás e vejo o Aeródromo nem reparei quando o passei, porque o cansaço já estava instalado.

Até que a famosa Rua de Marvila, (não a de Lisboa, mas a de Santarém) viro à direita ando mais um 1,5km e estou no meu destino.

Já passava das 19 horas e ainda me falta chegar ao Albergue de peregrinos da Santa Casa da Misericórdia. Finalmente estou deitado, depois de um belo banho, jantar e ver se tudo estava pronto para o dia seguinte.

Quando cheguei a Santarém o meu pensamento vai para um dos meus Heróis do 24 de Abril de 1974.

Efeméride

Fernando José Salgueiro Maia, um dos capitães do Exército Português que liderou as forças revolucionárias durante a Revolução de 25 de Abril de 1974, que marcou o final da ditadura em Portugal.

Nasceu em Castelo de Vide a 1 de julho de 1944

Faleceu 4 de abril de 1992, em Santarém encontra-se sepultado em Castelo de Vide

Em 1973 iniciam-se as reuniões clandestinas do Movimento das Forças Armadas e, Salgueiro Maia, como Delegado de Cavalaria, integra a Comissão Coordenadora do Movimento. Depois do 16 de Março de  1974 e do Levantamento das Caldas, foi Salgueiro Maia, a 25 de Abril desse anos, quem comandou a coluna de blindados que, vinda de Santarém, montou cerco aos ministérios do Terreiro do Paço forçando, já no final da tarde, seguindo as ordens de Otelo Saraiva de Carvalho no Posto de Comando na Pontinha, a rendição de Mracelo Caetano no Quartel do Carmo, que entregou a pasta do governo a António de Spínola. Salgueiro Maia escoltou Marcelo Caetano ao avião que o transportaria para o exílio no Brasil.

Na madrugada de 25 de Abril de 1974, durante a parada da Esola Prática de Cavalaria (EPC), em Santarém, proferiu o célebre discurso: "Meus senhores, como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos. Ora, nesta noite solene, vamos acabar com o estado a que chegámos! De maneira que, quem quiser vir comigo, vamos para Lisboa e acabamos com isto. Quem for voluntário, sai e forma. Quem não quiser sair, fica aqui! Todos os 240 homens que ouviram estas palavras, ditas de forma serena mas firme, tão característica de Salgueiro Maia, formaram de imediato à sua frente. Depois seguiram para Lisboa e marcharam sobre a ditadura.

A 25 de Novembro de 1975 sai da EPC, comandando um grupo de carros às ordens do Presidenta da República. Será transferido para os  Açores, só voltando a Santarém em 1979, onde ficou a comandar o Presídio Militar de Santarém. Em 1984 regressa à EPC.

(Wikipédia)

Salgueiro_Maia

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 21:33

Março 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2020

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

Contador de Visitas
Free Hit Counter
Free Hit Counter
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO