23
Mar 20

Dana Helena Maria Ingrova Zatopkova, nascida na Morávia em 1922, filha do coronel Antonin Ingr, comandante do 27º Regimento de Infantaria e apoiante do Presidente democrata Edvard Benes, deposto pela invasão dos nazis alemães, fazendo-o passar pelos campos de concertação de Spilberg, Dachau e Buchenwald.

Ela forçada a trabalho de escritório que não lhe deixava tempo para o voleibol.

Casada com Emil Zatopek nascidos no mesmo dia do mesmo ano, a poucos quilómetros um do outro, tinham casado, após breve oposição da família da noiva, socialmente mais alta, a seguir aos Jogos Olímpicos de 1948.

Jogos Olímpicos, 1952, em Helsínquia – onde Dana ganhou a medalha de ouro no lançamento do dardo -, na Finlândia, terra de Nurmi, o homem, considerado o maior meio fundista do mundo até à chegada de Zatopek seu marido.

As Olímpias de 1952 consagraram não só o triunfo de Zatopek mas também o de Dana Zatopkova e bateram 4 records olímpicos, ele nos 5.000m, 10.000m e Maratona, ela no Lançamento do Dardo, tornaram conhecida uma das mais tocantes histórias de amor dos jogos.

Os Resultados

Lançamento do Dardo – 50,47m - Record Olímpico

5.000m – 14m 6s 2 – Record Olímpico

10.000m – 29m 17s – Record Olímpico

Maratona – 2h 23m 3s 2 – Record Olímpico

dana zatopkova_0002

zatopek

TELEMMGLPICT000227766885_trans_NvBQzQNjv4BqRkoob2OfD27kEWQQcHX40pD3PNJP4KCLWYesGfqL1Wc

unnamed

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 15:51

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO