13
Jun 13

Hugo Novais acedeu ao nosso convite e partilha connosco as sua emoções.

 
I. O QUE TE LEVOU ATÉ AO ATLETISMO?
Quis perder peso para manter uma relação ideal com outro desporto que gosto muito, o Surf.

II. QUAIS OS TEUS ANTECEDENTES DESPORTIVOS?
Pratiquei artes marciais. Atualmente pratico surf, atletismo e natação.

III. QUE OPINIÃO TENS DAS ORGANIZAÇÕES?

Tenho algum cuidado a escolher as provas onde me inscrevo, e normalmente só opto pelas que são reconhecidas como as melhores entre os chamados atletas de pelotão (onde orgulhosamente me incluo).
Destaco a Meia Maratona de São João das Lampas, o Grande Prémio de Mem Martins, a (antiga) Maratona de Lisboa, o Grande Trail da Serra de Arga, o Ultra Trail de Sesimbra, e o Ultra Trail de São Mamede.

IV. QUAL A TUA PROVA E DISTANCIA DE ELEIÇÃO E PORQUÊ?
Talvez o Grande Trail da Serra de Arga, por ser uma distância que normalmente treino (45kms), ser numa das zonas mais bonitas de Portugal (Minho), e porque sair de "casa" (Sintra)  para fazer provas com distâncias abaixo disto, para mim, é um desperdício de dinheiro... ;)
Também gostei muito do Ultra Trail de São Mamede que fiz pela primeira vez este ano.

V. QUANDO SENTES QUE TE ENCONTRAS PERDIDO, O QUE FAZES?
Quando perco o "fio à meada" das marcações nas provas de trilho, volto para trás à marcação anterior e tento encontrar a marcação seguinte, além disto observo o terreno e vejo onde está "mais pisado" e sigo por aí. Até hoje ainda não correu mal.

VI. QUANDO ESTÁS SOZINHO E COM ALGUMAS HORAS DE PROVA EM QUE PENSAS?
Com "algumas horas" de prova combater o desânimo é a maior provação. Acima de tento manter uma linha de pensamento positivo para me conseguir motivar a chegar ao fim. :)

VII. QUAL A DISTÂNCIA MAIOR QUE PERCORRESTE?
Talvez o OhMeuDeus 102kms em 2011. Também fiz o Ultra Trail da Serra da Freita 70kms em 2011, e recentemente os 100kms no Ultra Trail de São Mamede (18/05/2013).


VIII. O QUE É PARA TI UMA ULTRAMARATONA?
Uma aventura, um desafio, uma paixão, uma introspecção.

IX. NUMA ULTRAMARATONA QUE TIPO DE ALIMENTAÇÃO UTILIZAS?
Barras energéticas naturais e sandes, tudo feito em casa por mim.

X. O QUE TE LEVA A FAZER UMA ULTRAMARATONA?
Acreditar que consigo "chegar lá".

XI. QUANTO TEMPO É NECESSÁRIO PARA SE PREPARAR UMA ESSA PROVA E QUE TIPO DE TREINOS FAZES?
O tempo de treino depende da preparação de cada um. Eu sou um bocado "baldas" nos treinos, mas faço um plano progressivo e vou aumentado carga até 15 dias antes da prova, principalmente nos treinos longos (5 a 6 horas).

XII. QUANDO AS FORÇAS COMEÇAM A FALTAR (FISICA E MENTAL) ONDE VAIS BUSCAR AQUELE FOLÊGO QUE TANTO É NECESSÁRIO PARA CHEGAR AO FIM?
Começo a pensar no que vou almoçar quando chegar!

XIII. QUANDO ESTÁS EM PROVA SENTES QUE TE ENCONTRAS PROTEGIDO PELA ORGANIZAÇÃO SE TE OCORRER ALGUM ACIDENTE DESPORTIVO?
Sim, mas tal como disse, escolho as provas com algum critério.

XIV. TENS ALGUNS MOMENTOS DE DESANIMO OU GLORIA QUE POSSAS PARTILHAR?
Desânimo: Custou-me imenso ter que desistir aos 28kms numa ultra de 104kms por lesão.
Glória: Sempre que sinto que quebrei uma "marca" minha, seja em prova ou treinos, para mim é um momento de grande felicidade.

XV. DEIXA ALGUMAS NOTAS (PESSOAIS E DESPORTIVAS) SOBRE TI PARA UMA BREVE FICHA TÉCNICA.
Trabalho na área das Tecnologias de Informação e sou residente no Concelho de Sintra.
Um dia mudei-me para um apartamento num prédio sem elevador, e este foi o primeiro passo para que o atletismo passasse a fazer parte integrante da minha vida.
Faço parte da Equipa RunSintra.com, que acima de tudo é um grupo de amigos que descobriu na corrida mais um motivo para um convívio salutar e divertido.
Sou adepto da abordagem minimalista no calçado de corrida, e tento sempre usar calçado com pouco desnível e pouca distância ao solo.

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 15:34

31
Mai 13

Vamos dar voz ao João Lima, que gentilmente nos enviou o seu questionário sem tabus, para ele o meu Bem-Haja por ser novamente o primeiro a responder a um projecto que estou a dar vida.

 

I. O QUE TE LEVOU ATÉ AO ATLETISMO?

Tinha 45 anos e foi a necessidade de fazer alguma coisa para evitar alguns sérios avisos de saúde que estava a receber. Como o Atletismo sempre me seduziu, experimentei dar umas corridinhas. A primeira vez que corri 1.800 metros, fiquei de tal forma que o coração parecia que ia saltar boca fora!

II. QUAIS OS TEUS ANTECEDENTES DESPORTIVOS?

Apenas Hóquei em Patins, como iniciado, entre 1972/1973 no Sporting de Tomar

III. QUE OPINIÃO TENS DAS ORGANIZAÇÕES?

Salvo raras excepções, a grande maioria das corridas que participo, e são mais de 40 por ano, são duma excelente qualidade, muitas vezes com parcas condições mas uma enorme vontade de fazer o melhor possível. Muitas situações polémicas que tenho presenciado, são da responsabilidade do chico-espertismo do atleta, acabando as organizações por levar por tabela.  

IV. QUAL A TUA PROVA E DISTANCIA DE ELEIÇÃO E PORQUÊ?

Toda e qualquer distância tem o seu desafio e fascínio. Se, competitivamente, corro melhor em 10 kms, as Meias-Maratonas são uma grande paixão. E, desde que cumpri a minha, a Maratona um sonho que se realiza.

Quanto a provas, e sendo injusto não falar aqui em tantas tão especiais, o Grande Prémio de Constância é a prova onde sinto sempre uma certa magia no percurso. 

V. O QUE TE IMPEDE DE FAZERES UMA MARATONA?

Nada. Já cumpri esse meu sonho, que parecia "impossível", em Lisboa, Dezembro passado.

VI. QUANDO ESTÁS SOZINHO EM PROVA EM QUE PENSAS?

Nem sei dizer. Acho que a maior parte do tempo vou a desfrutar. Com uma vida tão exigente, o luxo de ter tempo para não pensar é impagável. 

VII. QUAL A DISTANCIA MAIOR QUE PERCORRESTE?

42.195 metros, Maratona de Lisboa, 9 de Dezembro de 2012.

VIII. O QUE FOI PARA TI CORRER ESSA DISTANCIA?

Foi o concretizar dum sonho que me parecia impossível. Ainda hoje chego a duvidar se consegui mesmo! 

IX. O QUE TE LEVOU A FAZER ESSA DISTANCIA?

5 anos a sonhar com a distância. Um apelo irresistível ao tremendo desafio colocado a um atleta com poucas capacidades mas muita paixão. Paixão que se transforma numa força inabalável e leva-me a concretizar estes momentos que ficam bem colados dentro de mim.   

X. QUANTO TEMPO É NECESSÁRIO PARA SE PREPARAR UMA ESSA PROVA E QUE TIPO DE TREINOS FAZES?

Tive uma preparação de 3 meses e, baseado em tudo o que fui ouvindo e lendo e, conhecendo as minhas limitações, elaborei um plano onde a intenção não era a velocidade mas sim a resistência, aumentando de forma gradual e constante até aos 30 kms.

XI. QUANDO AS FORÇAS COMEÇAM A FALTAR (FISICA E MENTAL) ONDE VAIS BUSCAR AQUELE FOLGO QUE TANTO É NECESSÁRIO PARA CHEGAR AO FIM?

Se a força física falta, a parte mental compensa, agora se se dá o inverso... é complicado! 

Na Maratona, bati em cheio no muro aos 30 kms mas a parte mental estava de tal forma comprometida com o sonho da meta que nada me pararia nesse dia. 

O querer muito um objectivo, dá uma força mental extraordinária e se em provas de velocidade pouco há a fazer, em esforços prolongados é uma mais valia fundamental.

XII. QUANDO ESTÁS EM PROVA SENTES QUE TE ENCONTRAS PROTEGIDO PELA ORGANIZAÇÃO SE TE OCORRER ALGUM ACIDENTE DESPORTIVO?

Sinceramente, quando estou em prova não penso nisso.

XIII. TENS ALGUNS MOMENTOS DE DESANIMO OU GLORIA QUE POSSAS PARTILHAR?

Glória, já aqui referi a Maratona. Encontrava-me já muito desgastado e ao passar a placa de 41 kms esse último que faltava assemelhava-se a uma montanha sem fim, mas quando entrei no estádio do Inatel, o cansaço desapareceu como por magia e senti-me muito leve a realizar aqueles 200 e poucos metros finais. Literalmente, ia sobre nuvens!

Desânimo, foram os 6 meses que estive fora das corridas por ter partido o pé esquerdo. Foi muito doloroso o não poder correr.

Não quero deixar de referir algo que as corridas me deram e isso é um tesouro fabuloso. Estou a referir-me a uma série de pessoas fantásticas que doutro modo teria sido difícil conhecer, e a toda a amizade e companheirismo.

XIV. DEIXA ALGUMAS NOTAS (PESSOAIS E DESPORTIVAS) SOBRE TI PARA UMA BREVE APRESENTAÇÃO.

Chamo-me João Lima, nasci em Tomar há 53 anos, estou casado com a Mafalda há 31 anos e tenho uma filha com 27 e um filho com 19. Sou informático de profissão e comecei a correr a meio de 2005 tendo-me estreado na Mini da Ponte em 2006, nunca mais parando desde então, com excepção dum interregno forçado de 6 meses por fractura dum pé. Já participei em 265 corridas sendo a coroa de glória uma Maratona. Administro uma página sobre Atletismo onde, entre vários assuntos, tenho um histórico de resultados das provas portuguesas, e também um blogue que em pouco mais de 3 anos já contabiliza cerca de 200 mil visitas.

 

 

publicado por TERTÚLIA DOS ULTRAS às 23:21

Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Contador de Visitas
Free Hit Counter
Free Hit Counter
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO